É incrível como as pessoas se iludem com abertura de e-mails, curtidas no facebook, visualizações de anúncios e comentários de blog. As agência de marketing on-line estão analisando constantemente o comportamento e as ações realizadas nestes segmentos.

A verdade, é que não basta aumentar a abertura de e-mails, as curtidas, as visualizações de anúncios e os comentários no seu blog. Visitas e visualizações não pagam o aluguel, não pagam seus funcionários, não aumentam seu lucro, não aumentam os resultados do seu negócio, não necessariamente fazem sua marca ser conhecida. Tudo isso sem conversão, ou seja sem gerar venda, é só publicação grátis, e infelizmente as agencias se especializaram em gerar tráfego e não gerar negócios.

Vamos então examinar algumas métricas e dar algumas sugestões para que estes canais efetivamente gerem negócios.

1) Aberturas de e-mail: em vez de examinar a taxa de abertura, examine a taxa de cliques (CTR). Essa métrica ajudará a compreender melhor quantas pessoas estão interessadas o suficiente em seu conteúdo, que desejam se envolver ainda mais com sua empresa.

2) Curtidas no Facebook: curtiu sua publicação não significa que eles realmente vão clicar para acessar seu website, o motivo principal de você estar no Facebook. Existem certas palavras ou imagens que podem ser usadas para inspirar as pessoas a agir, levando-as par seu website.

3) Comentários de blog: os comentários nem sempre estão relacionados com as metas de criação de negócios. Você pode ter uma publicação de blog com vinte ou trinta comentários, mas que gera apenas 10 visitas para o seu site, e você pode também ter uma publicação de blog com um comentário, mas que gera muitas visitas.

4) Visualizações de anúncios: alguns programas de anúncio contam uma visualização cada vez que a página é carregada. Alguns usuário mantém o Adblock ativado, e mesmo que ele não visualize o anúncio, ele ainda pode registrar visualização. O melhor é examinar a taxa de clique em seus anúncios. Mesmo que você não tenha como objetivo obter conversões em um anúncio, ela fornecerá uma compreensão muito melhor do desempenho do seu anúncio.

Uma última sugestão: tenha sempre em mente definir um objetivo para suas ações, seja por e-mail, redes sociais, blog ou anúncio.

Autor: Edvaldo Mello